11/01/2011

FOTOGRAFIAS COM LEGENDA

Foto 1 - A moça sentou ao seu lado e deslizou as mãos nervosas pelos fios de cabelo. Enquanto o calor da tarde e a luz alaranjada do sol rodeava-os sem censura.
-
Foto 2 - Com cotovelos apoiados no batente da janela, as mãos amparando o queixo e o rosto pendendo para o ombro esquerdo, aquietou-se na contemplação do não-movimento da rua. Nenhum ser, nenhuma ação nem barulho que a lembrasse estar viva naquele lugar pacato, distante, pequeno e de certo modo absolutamente deslocado da contemporaneidade.
-
Foto 3 -
- Posso descer estes degraus sozinho....
- Não seja tão teimoso... vem cá, eu seguro!
- Que coisa, não estou morto ainda.
- Olha aí onde você coloca o pé! Cuidado. Tá vendo? Não falei?
-
Foto 4 - Quisera que essa criatura agora deitada ao trono dos seus pés, chorosa fria e trêmula, não me pedisse - mesmo sabendo da impossibilidade de um sim - essas tolerâncias e reconsiderações que o amor desfeito já não permite.
-
Foto 5 - Duas mãos juntas. Dedos e palmas num diálogo surdo de carícias e sensações. Todos os sonhos, todos os desejos e a vontade imediata de ficarem juntos infinitamente expressadas naquelas duas mãos juntas.
[]

Desenho de José Claúdio / Imagem daqui